Comitê da Bacia da Ilha Grande reúne especialistas para debater a gestão da água no território



Na semana mundial da água, o comitê de Bacia Hidrográfica da Baía da Ilha Grande (CBH-BIG) realizou o BIG-Seminário. O seminário foi totalmente online e teve o objetivo de debater aspectos fundamentais de gestão da água doce na Bacia da Ilha Grande: a governança das águas, os riscos geo-hidrológicos, e o enquadramento de corpos d’água. Cerca de 40 pessoas entre membros e convidados acompanharam o evento.

O evento aconteceu no dia 23 de março e teve como convidados Ângelo Lima, secretário executivo da Governança das Águas (OGA Brasil); Ana Luiza Coelho Netto, professora da UFRJ e; David de Andrade Costa, professor do IFF. Eles buscaram esclarecer a aplicabilidade na bacia hidrográfica da Ilha Grande, que abrange o território continental e as ilhas dos municípios de Paraty, Angra dos Reis e o bairro de Conceição de Jacareí no município de Mangaratiba.

Doutor em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial, Ângelo Lima, abriu o seminário palestrando sobre a Governanças das Águas, destacando como tema central que discutir a governança é o reconhecimento de que existe um processo político na gestão da água, ressaltando que recentemente o OGA-Brasil lançou o Protocolo que objetiva tornar mais precisas e transparentes as medidas tomadas pelas instituições/organismos participantes dos sistemas nacional e estaduais de Gerenciamento de Recursos Hídricos do Brasil. O documento se apresenta como uma ferramenta para facilitar o trabalho dos entes e atores que atuam na gestão das águas.

Em seguida tivemos a Doutora em Geomorfologia e Geoecologia Ana Luiza Coelho Netto, que é professora titular e coordenadora do Geoheco/Laboratório de Geo-Hidroecologia e Gestão de Riscos, no Departamento de Geografia do Instituto de Geociências da UFRJ, trouxe os conceitos dos conhecimentos científicos na interface com a gestão de riscos, focando nos riscos de perdas e danos diante de fenômenos naturais relacionados a água (deslizamentos, enchentes, etc).

E por fim, o Doutor em Planejamento Ambiental, David de Andrade Costa, que é professor do Instituto Federal Fluminense, fechou as palestras trazendo o tema, Enquadramento, um instrumento de gestão dos comitês de bacias hidrográficas que visa estabelecer o nível de qualidade da água de um corpo hídrico a ser alcançado ou mantido ao longo do tempo, com o objetivo de assegurar às águas qualidade compatível com os usos mais exigentes a que forem destinadas e a diminuir os custos de combate à poluição das águas, mediante ações preventivas.

Ao final das apresentações, o público pôde fazer perguntas enriquecendo ainda mais o debate. O Seminário está disponível na íntegra no canal do Comitê do YouTube. Basta acessar o link https://bityli.com/F3tRE.

Nas redes sociais do Comitê-Ilha Grande você encontra todo o nosso trabalho.


Outras Notícias

Mais Notícias »